Entrevista com Andressa Dantas

Hoje a entrevista vai ser com a jornalista Andressa Dantas. Ela ira revelar as dificuldades que um jornalista enfrenta no mercado de trabalho.

12919731_1061598267238676_2631706683745737127_n

Emerson: O que você acha da carga horária de um Jornalista?

Andressa: Se a carga fosse realmente verdadeira, de 6 horas, seria realmente adequada. Porém, isso é uma grande utopia, praticamente nenhum veículo brasileiro respeita a carga horária e a maioria dos jornalistas trabalha com carga mais do que dupla no dia a dia. A maioria dos colegas hoje faz turnos de 10 a 12 horas…e tem direito apenas a um banco de horas, que muitas vezes não consegue tirar, por falta de mão de obra nas editorias.

Emerson: O que você acha de trabalhar na área?

Andressa: Eu amo o que faço. Não me imaginaria trabalhando em outra área. O jornalismo nos dá a oportunidade de trabalhar em várias áreas. Um dia estamos cobrindo economia, no outro política, turismo, entre outros. É uma área muito versátil e nos da a possibilidade de conhecer outros mundos, outras realidades e ainda é transformador. O jornalismo nos traz a possibilidade de questionar, de argumentar e de fazer as pessoas saírem de suas zonas de conforto através das matérias, acabam pensando fora da caixa e descobrindo que o mundo vai muito além de suas realidades. É um trabalho importante, questionador, motivador e revelador da sociedade.

Emerson: O que você acha do salário?

Andressa: Os salários estão realmente uma vergonha. Hoje, existem jornalistas formados há mais de 10 anos, com pós-graduação, recebendo uma média salarial de R$3 mil. Muito abaixo do piso e da posição que ocupa. Por um lado, existe a crise editorial, com menos anunciantes nos veículos, os salários reduzem e as equipes também e não vemos um posicionamento de sindicatos para defender a classe. Cada vez mais pessoas se apropriam do direito de liberdade de expressão e do movimento contra diploma para se tornarem “jornalistas”, e isso prejudica ainda mais nossa profissão, pois temos pessoas sem faculdade e sem a menor noção do que é ser jornalista cobrando valores irrisórios de mercado para exercer nossa função.

Emerson: Quais empresas você já trabalhou?

Andressa: Iniciei minha carreira no Diário do Grande ABC Online, ainda na faculdade, após passei para o portal Via de Acesso, de notícias do Grande ABC. Fui jornalista da Revista About, do mercado publicitário, depois ingressei no mercado de assessoria de imprensa, passando pela BMW Group, Fran´s Café, Ofner, Zodiac Farmacêutica. Após essas experiências, voltei ao editorial, trabalhando na Folha de S.Paulo, depois UOL, voltei para o Diário do Grande ABC, cobrindo a editoria de Cidades. Após tudo isso, fundei, em 2014 a Arebo, agência especializada em assessoria de imprensa e relacionamento com steakholders. Em 2016 recebemos o título de “Melhor Agência de Assessoria de Imprensa”, no “prêmio ABC da Comunicação, com três troféus de prata e um ouro por cases de assessoria de imprensa para nossos clientes.

Emerson: Por que você escolheu essa área?

Andressa: É o tipo de profissão que escolhe a gente. Quando menos percebemos, já somos jornalistas, desde a infância, queremos saber sobre tudo, nenhum “não” é suficiente e tudo é preciso apurar, buscar outras verdades e posicionamentos. Sempre amei ler, sempre amei conversar com pessoas e sempre acreditei que a leitura e o conhecimento são libertadores e o jornalismo tem essa vertente, de transformar realidades, transformar mundos. Por isso, após passar a vida inteira sendo incentivada a cursar medicina, na hora de preencher os formulários de vestibular, escolhi Jornalismo. Não sei porque, mas foi a melhor decisão que tomei.

Emerson: Você gosta de exercê-la?

Andressa: Com todas as dificuldades, com todas as tristezas, com todos os cortes em redações, com todos os salários ruins, eu amo exercer o jornalismo. E acredito que apenas através de uma classe mais unida poderemos exigir direitos e exercer um lugar melhor no mercado de comunicação.

14364784_1190372171027951_7489616758550456106_n

(Eleita “Melhor Profissional de Assessoria de Imprensa”, pelo Prêmio ABC da Comunicação 2016)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s